terça-feira, 12 de maio de 2009

PROCURA

Foto de Anna Semenova

Procuro-te…
Procuro o teu percurso
sem te encontrar
e perco-me…
Ter-te-ás perdido
ou
ter-te-ás encontrado?
E se te perdeste
como te posso encontrar?
Estou certo
não me procuras!
Pois se o fizesses
sabias
onde estou
… a te esperar!

2 comentários:

Helena Branco disse...

Senhor Poeta a procura é sempre o caminho...e quem procura...corre o risco de encontrar!...


Uma breve passagem pelos seus PASSOS

© Piedade Araújo Sol disse...

mas por vezes temos de adiar a presença.

a procura existe sempre!

belo poema...

beij