quinta-feira, 11 de junho de 2009

LUGAR SEM REFERÊNCIA

Foto de Nanã Sousa Dias


Eu quero ser o sítio
onde duas mãos se dão

Eu quero ser o lugar
onde dois lábios se tocam

Eu quero ser o momento
onde dois olhares se descobrem

Eu quero ser esse lugar,
em sítio nenhum,
onde dois seres se sonham


4 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

querer é poder.

vá em frente, sempre!

belo poema!

beij

AnaMar (pseudónimo) disse...

Também eu quero...
Será que consigo?
Bj

paletadesonhos disse...

a partilha de dois corações em sintonia... os momentos de uma troca

sonja valentina disse...

... e o sonho comanda a vida... é assim que dizem não é?