sexta-feira, 25 de setembro de 2009

CHICKEN A LA CARTE

Não é novidade. Não poderia ser. Mas para mim foi!

Chicken a la Carte, de Ferdinand Dimadura, é uma curta-metragem distinguida no Festival de Berlim de há três anos.

Não é novidade. Infelizmente não o poderá ser. Só porque a considero imprescindível de ser apreciado a decidi partilhar. Para quem já a conhece desejo que possa ser uma boa oportunidade de rever três diferentes estados de fome.

Obrigado Gab por me a teres revelado.

7 comentários:

Marta disse...

já conhecia. mas obrigada na mesma.

é um murro no estõmago. daqueles que nunca se devem evitar.acredito eu.

porque é uma história verdadeira.

Tia_Cunhada disse...

Obrigada PasÇsos...

Zaclis Veiga disse...

É realmente impactante. Eu o uso nas aulas sobre TV e sociedade.
Como disse a Marta é um murro no estômago que não se deve evitar.

sonja valentina disse...

(...) "for all the things we know
what have we really learned" (...)

de facto, um murro que não deve nunca ser evitado!

Obrigada, Pas(ç)sos!

Charlotte disse...

Nunca tinha visto esta curta-metragem, mas vi na televisão, há alguns tempos atrás, uma reportagem sobre imigrantes cá em Portugal, que também iam ao lixo arranjar comida. É realmente impressionante...
Uma dura realidade da qual devemos ter conhecimento, para darmos mais valor ao que temos e aprendermos mais a queixarmo-nos menos.

Obrigada pela partilha.

Alexandra disse...

Para mim também foi uma novidade. Não o contexto, mas a forma. Uma das suas comentadoras escreveu: "um murro que não deve nunca ser evitado!" Foi esse "murro" que senti e, de facto, não deve ser evitado.

Obrigado!

cilita disse...

Ja tinha visto, mas é sempre bom relembrar.Estou sempre a pedir ás minhas filhas, que não deixem restos nos pratos, mas se aquelas pessoas não deixassem, que restaria para aquelas outras...Será que o Obama já viu este video? Talvez nas próximas férias não gastasse tanto, e outros como ele.