sexta-feira, 11 de setembro de 2009

ABRAÇAR-TE AS PALAVRAS

Foto de Codrin Lupei

Eu queria abraçar-te as palavras
e ignorar este mar que nos gela
sentir o aconchego dos sentidosAlinhar ao centro
estreitado nas sílabas por soletrar.
Eu queria atravessar esse gume
que me golpeia o silêncio
como se caminhasse sobre a água
sob a qual escondes tua voz.
Eu quero abraçar-te as palavras
que me despertam os gritos
adormecidos e esquecidos na estagnação
das águas que me coibo de remexer.
Eu quero atravessar esse silêncio
que não pretendo violar
para sentir o sol despertar
cada vez que a irresistência toma conta
das palavras que desejas
ver por mim abraçadas.

5 comentários:

Paula disse...

Abraçar as palavras é sinónimo de abraçar um ser humano...
Lindo poema!
Abraço

© Piedade Araújo Sol disse...

poema sereno, as águas podem ser sempre ou quase sempre navegaveis!

bom fim de semana

cilita disse...

É tão bom sentir o calor das palavras...

Tia_Cunhada disse...

Que voz se esconde por detrás de tão maravilhosa poesia...?

"Eu quero abraçar-te as palavras" -que frase linda, esta.

Um beijo...

paletadesonhos disse...

as palavras são intensas, e um sentimento de proximidade e partilha quase nos envolve na emoção dos dois amantes ... quase sentimos ciúmes
romance ....