sexta-feira, 16 de outubro de 2009

DIANTE DE... OU EM DIANTE?

Foto de hejha


Diante de mim
tenho um copo.
Dentro de mim
tenho a sede.
Diante de mim
tenho a água.
Dentro de mim
a incerteza.
Engulo toda a água,
sacio o deserto?
Ou contemplo-a,
devaneando,
a satisfação
de a sorver?
Diante de mim
tenho a taça.
Dentro de mim
a ansiedade.
Bebo a felicidade
em pequenos goles,
prolongo-a,
distendo o hoje?
Ou sorvo-a
num só trago
como se o amanhã
fosse nunca?
Tenho um deserto,
tenho sede,
tenho um copo
e a incerteza
de como encher
… amanhã.

6 comentários:

continuando assim... disse...

mergulha em ti ... :)

bj
teresa

Helena Branco disse...

Eu tenho apenas..." um contentamento descontente" AMIGO
Hoje festejaria o meu aniversário se apesar de tudo vivesse na incerteza...

Aqui sinto-me sempre perto d água

Tia_Cunhada disse...

Depois de o ler pela enésima vez... estou a fazer-te uma vénia Pasçsos...

Perfeito, distinto, pleno de sensibilidade.

Luz disse...

Copo, sede, água, incerteza...
Taça, ansiedade, um deserto...
A sede permanece e de um só trago a podemos saciar ou, em pequenos goles a prolongar sentir na garganta essa água de felicidade mergulhar..., diante, dentro de mim..., hoje e amanhã...

Marta disse...

há divagações assim,
que nos fazem divagar :)

bela imagem...até parece sa Sonja;)

sonja valentina disse...

adiante, sem dúvidas nem incetezas!