domingo, 4 de outubro de 2009

EM JEITO DE DECLARAÇÃO

Foto de Maciej Koniuszy



Não faças da minha vida a tua!

Nem deixes que da tua faça a minha!

Mas...
e que tal se fizéssemos da tua e da minha,
pedaços da nossa vida?

12 comentários:

Paula disse...

Less is more : como em poucas palavras se pode dizer tanto ? Parabéns !

Gi disse...

Não tenho nada a declarar contra.

© Piedade Araújo Sol disse...

poucas palavras...certeiras e profundas.

beij

paletadesonhos disse...

partilha com responsabilidade ...

Alexandra disse...

Inteligente e verdadeiro!!

Sempre a aprender...

Tia_Cunhada disse...

Que proposta fabulosa...

continuando assim... disse...

isso seria o ideal!!!

bj
teresa

Helena Branco disse...

Belíssima partilha!

EU?
"Fiz de mim o que não soube"...
Fernando Pessoa

estrela polar disse...

Ninguem consegue uma vida inteira de felicidade, mas consegue momentos muito felizes:-), è so saber aproveitar esses momentos, e viver a vida no presente sem estar preso ao passado, e sem pensar no futuro, porque esse nem sabemos se vai existir.

beijos

E.C.

cilita disse...

E em tão poucas palavras está tudo dito, partilhar, partilhar, partilhar, tão fácil quando se quer, quando se deseja.

sonja valentina disse...

quando as palavras se elevam sobre os actos. em consciência, fica o desafio. só os loucos os fazem, desfiam e aceitam!

Luz disse...

Palavras sábias e sentidas.
No meio de tanta coisa dita, está tudo dito e, de forma tão simples e profunda que apenas quem tem medo pode recusar um desafio como este, dito e sentido desta forma. Uma autêntica partilha de sentidos sentires.
É de deixar calar bem fundo o que o amor trouxe ao mundo..., o mesmo será dizer, fica-se sem palavras.
Que alma abarcam estas palavras!
Gostei muito! Parabéns por este sentir.