sexta-feira, 17 de julho de 2009

AROMAS DE DESEJO

Foto de Cindy


No cheiro do teu corpo
procuro o desejo onde moro,
na seara seca pela espera
quero atear o fogo que me consome;
Percorro cada desfiladeiro
com a mestria do arqueólogo
e mergulho no mar adormecido
acalentando braçadas de ternura;
Faz do meu corpo rochedo
onde rebentas as ondas da tua sede
percorre cada rua, cada praça
com a devassa dos teus dedos;
Afasta as nuvens que cobrem o céu
voando na rota de beijos incendiados
e deixa que o teu vento sopre
no deserto da paixão insaciada.
Quando a bonança calar a tormenta
e a Primavera ocultar o Inverno
o prazer escorrerá nas gargantas
E ao chegar à praia
deitar-me-ei no teu leito de areia,
deixarei o teu sorriso
derreter o fervor da entrega;
no calor da minha boca
despejarás a humidade dos teus lábios
e adormecerei na alvorada
do teu sonho.

3 comentários:

Tia_Cunhada disse...

Um arrepio de poema. Encantador...

Um beijo

paletadesonhos disse...

esvoaçou a alma e as palavras soltam-se , passo a passo... os momentos inspiram á paixão

© Piedade Araújo Sol disse...

gosto de ler-te em prosa, mas gosto muito em poesia.

um poema quente, como o verão.

música a condizer.

um beij