quinta-feira, 23 de abril de 2009

SEM FORMA

Foto de Codrin Lupei

Faço da manhã um repositório de sonhos
captação de imagens em reflexos da madrugada
história de dúvidas emergindo da vida
performance de proximidades à espera do dia
legendas de horas contraídas no texto
lentidão do impacto na velocidade da queda
narração de forças guiadas pela história
subtraídas às cores perdidas de ontem
missão arrastada no desenrolar da noite
implantada na crosta ferida do sono


5 comentários:

Princesa disse...

A amizade é uma doce canção da vida...
E o amor da eternidade...
Bjinhos e um lindo dia,com uma semana cheinha de coisas boas...
Amor e Paz!!!

sonja valentina disse...

e à medida que o dia se instala a vida recomeça, esbatem-se as dúvidas e é possível acreditar que os sonhos sonhados durante a noite poderão vir a ser realidade.

Vieira Calado disse...

Os grandes sonhos são pela manhã...

ou de madrugada...

Cumprimentos meus.

Gisela Rosa disse...

...as amanhãs trazem consigo o leve e fresco sabor madrugada e permitem sonhar um novo dia. Por isso gosto tanto do "a-manhã"...

Um abraço, Gisela

so_she_says disse...

andei por aqui, perdi-me nas palavras, engoli nós de garganta, revi-me, sonhei-me

obrigada por esta manhã num começo de noite